Avaliação: Anciano 10 anos – Vale a pena, é bom?

Avaliação: Anciano 10 anos – Vale a pena, é bom?

O Anciano Gran Reserva – 10 anos Tempranillo é um vinho tinto espanhol produzido na região de Valdepenãs, na província de Ciudad Real. Esse vinho passou mais de 10 anos envelhecendo antes de ser comercializado, primeiramente em barricas de carvalho e depois na garrafa. 

É um vinho bastante premiado, sendo medalha de ouro no Mundus Vini 2018, prata no Concurso Internacional de Vinos Bacchus 2018 e bronze no International Wine Challenge 2018.

Mas será que o seu preço vale a pena?

Produção do Anciano 10 anos

O Anciano Gran Reserva 10 anos é produzido a partir das uvas Tempranillo. Colhe-se as uvas de forma manual em vinhas com mais de 30 anos de idade na região de Valdepeñas.

O nome da região em espanhol significa “vale de pedras” e o terreno é composto de camadas de calcário e argila. Como resultado, isso ajuda a reter a água para refrescar as vinhas. Além disso, Valdepeñas fica 705 m acima do nível do mar, sendo a altitude um outro fator que ajuda a resfriar as temperaturas do verão.

Após a colheita, as uvas são transformadas em mosto e a fermentação do vinho ocorre em tanques de aço inoxidável por cerca de 8 a 10 dias em temperatura controlada (25-28º C). Depois, há a transferência do vinho para barricas de carvalho onde amadurece por pelo menos 18 meses. No restante dos 10 anos, o vinho envelhece já na garrafa para depois ser comercializado.

Vinho Anciano em frente a lareira

Avaliação

Custo-benefício

Pontuação vinho 3 de 5, avaliação vinho

Acidez

Pontuação vinho 3 de 5, avaliação vinho

Doçura

Pontuação vinho 1 de 5, avaliação vinho

Percepção de álcool

Pontuação vinho 4 de 5, avaliação vinho

Tanino

Pontuação vinho 3 de 5, avaliação vinho

Opacidade

Pontuação vinho 4 de 5, avaliação vinho

1 – Visual

Primeiramente, vou falar sobre a aparência dele na taça. Acima de tudo, a cor é um vermelho-sangue bem escuro e o anel – onde o líquido encosta na taça – tem um tom levemente atijolado em degradê.

Geralmente essa cor amarronzada no anel é uma confirmação de que o vinho realmente passou por barricas de madeira, como é dito pela produtora. Não é uma cor totalmente de tijolo, mas é claramente um amarronzado que se distingue do vermelho do vinho em si.

Os 10 anos de envelhecimento garantem um vinho gran reserva de ótima qualidade e de ótimo visual.

Visual do vinho. Tons atijolados.

Outro ponto interessante que não é sobre o líquido em si, é a própria garrafa. O Anciano 10 anos é um vinho muito bem apresentável, com uma garrafa imponente. Nesse sentido, a combinação de preto com dourado produz um contraste chique e bonito.

No topo da rolha de cortiça vem o desenho impresso de uma coroa, marca da Anciano. Isso é um ponto bem interessante porque mostra o cuidado com os detalhes da garrafa. Ao retirar a cápsula, você se depara com a coroa e isso te mostra que o Anciano é um produto com um acabamento refinado.

Topo da rolha do Anciano 10 anos. Detalhe com coroa marcada.

2 – Cheiro

Antes de mais nada, a primeira coisa que eu notei quando senti o aroma do vinho foi um odor bastante amadeirado misturado a frutas bem amadurecidas. Algo como uma ameixa preta. O cheiro era tão concentrado que era semelhante não a fruta fresca, mas a uma compota ou a uma geleia de ameixa preta.

Uma impressão que também tive ao cheirar o vinho foi de algo levemente parecido com sangue. Pesquisando depois sobre o que a produtora diz sobre o aroma do Anciano, encontrei a menção a “notas picantes de couro e almíscar”. Posto que esses são fortes odores animais, isso explica a sensação que tive.

Também importante mencionar o álcool. Logo que você sente o vinho, você percebe o cheiro forte do álcool.

Resumindo, o Anciano 10 anos é um vinho de aroma intenso, mas um intenso simples. Não há uma complexidade de notas diferentes escondidas em suas camadas, como café, baunilha, pão, entre outros. Forte, mas modesto.

3 – Sabor

Agora, sobre o sabor do Anciano. Ao degustar o vinho, senti uma ardência na língua, quase como se houvesse pimenta. O tanino é presente, mas é agradável. Ou seja, não deixa uma sensação de amarração na boca. Apesar disso, a acidez aparece de sopetão, muito forte, ficando um pouco desequilibrado. Talvez se o tanino fosse um pouco mais perceptível ou se tivesse um pouco mais de doce, o vinho ficasse mais redondo.

Isso acaba por atrapalha a percepção de outros sabores, que claramente estão lá, mas não se sobressaem. A acidez acaba ficando muito marcada e some com as outras características que tornariam o vinho mais interessante, como por exemplo o gosto frutado mais concentrado.

Apesar desses pontos que poderiam melhorar, o Anciano 10 anos é um vinho gostoso e saboroso.

Importante ressaltar que essa garrafa ainda envelheceu mais dois anos na minha casa antes de eu abrir para a avaliação. Isso definitivamente ajudou para que ele estivesse mais suave do que outros Ancianos 10 anos que já tomei. Geralmente, ele seria mais agressivo, mas com esse tempo a mais de envelhecimento ficou mais agradável.

Valdepeñas de Jaén – Wikipédia, a enciclopédia livre
Região de Valdepeñas na Espanha.

Ficha Técnica

Tipo:
Tinto

País:
Espanha

Região:
Valdepeñas

Teor alcoólico:
13%

Uva:
Tempranillo

Conclusão

Rótulo Anciano 10 Anos

Como nota final, vou dar 81 de 100. Em resumo, não é um vinho surpreendente, que vale super a pena. É um vinho normal, gostoso, mas nada que seja incrível ou que tenha me surpreendido.

Ademais, a grande vantagem do Anciano 10 anos é realmente a sua apresentação. É um vinho com uma garrafa muito bonita, uma ótima opção para presente para quem não é sommelier. O preço na faixa de R$70 a R$80 é um preço justo. Mas o maior impacto é realmente pelo exterior da garrafa, e não pela bebida em si.

No site da evino, você encontra o Anciano Tempranillo 10 anos e vários outros tipos de vinhos tintos. Recomendo também o kit Duo Anciano, que vem com duas garrafas – Anciano 10 anos e Anciano Crianza 3 anos -, valendo super a pena.

Johanna Honorato

Johanna Honorato

Meu nome é Johanna, tenho 25 anos, formada em Comunicação Social - Jornalismo e mestre em Comunicação e Territorialidades pela Ufes. Caí de paraquedas no mundo do vinho e espero desbravá-lo junto com vocês.

One thought on “Avaliação: Anciano 10 anos – Vale a pena, é bom?

  1. Oi. Gostei da análise. Você não acha que 10 anos para ele não foi muito tempo? Agora vejo ofertas dele e estamos em 2021. Acredito eu que agora ele está no fim da vida ou até, perdoe-me, passando dela já. O que me deixa muito reticente em querer experimentar é também o fato dele ter 13% de álcool, isso me deixa um pouco com o pé atrás, não sei se os 13% conseguiram segurar ele por tanto tempo. Me diz uma coisa, você por acaso não sentiu que ele morreu na taça? Já tive algumas experiências de vinhos que deram um último suspiro e depois morreram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.